2.8.10

Dezenove


Quando eu coloco uma roupa meio curta, penso que tenho que vesti-la enquanto ainda sou nova porque não tem coisa pior que coroa que não viveu a juventude e usa esse tipo de roupa fora da época. Então tá, fui com aquele vestido mesmo pra praia com mamãe e o padrasto. Foi no barzinho com o melhor risoto de camarão da cidade que meu aniversário começou. Não cantaram parabéns (felizmente), mas Luiza de Tom Jobim - uma das razões para o meu nome ser esse.

Depois que acordei com as rosas vermelhas vindas de Fraiburgo, começou a parte corrida do dia: comprar os comes e bebes pra reunião aqui em casa, voltar cedo do almoço pra enrolar brigadeiros - e perceber que eu já perdi essa técnica faz tempo -, dar um jeito na área de lazer do condomínio, lavar pratinhos, arrumar cadeiras, me arrumar.

Vale destacar que eu descobri que o meu pai, baiano, faz o melhor acarajé do mundo. Olha que eu não gosto do tradicional que comi de uma baiana em Salvador. O de papai é mais simples, pequenino, com vatapá, camarão e tomate só. Tudo caseiro. Tudo uma delícia. E o melhor de tudo é que ele aprendeu a fazer com receita da internet depois de desejar um acarajé gostoso por muito tempo.

À noite consegui reuni a família, os amigos que eu sempre encontro quando venho aqui passar férias e duas que eu não conversava direito desde os tempos da escola. E quer saber de uma coisa? Apesar de ter reclamado horrores de que faria aniversário e que preferia não passar por essa data, eu adorei meu dia. Não lembro qual tinha sido a última vez que comemorei um aniversário tão bem.

8 comentários:

Gian Kojikovski disse...

amor, que bom que vc gostou do seu dia mesmo!
xD

Luiza disse...

Será que existe alguma Luiza/Luisa que não tenha esse nome por causa da música do Tom Jobim? haha!
Que bom que seu dia foi legal, Luh!
beijo

Ana Lu disse...

Ei Luisa
=]
Que bom que curtiu seu aniversário!
Tomara que todos sejam assim ^^
E eu tbm penso isso qdo ponho uma roupa curta, hahaha.
Beijoss

Gabriela Petrucci disse...

Ai que legal!
Eu AMO essa música, muito mesmo.
Também não gosto que cantem parabéns... Acho tãao constrangedor! ;$
Que bom que curtiu o seu dia, muito bom mesmo. Merecido.
Parabéns, atrasado, mas parabéns.
Deus abençoe, felicidades.

Beijo

Alice Voll disse...

igual a mim, detesto esse dia, mas qndo resolvo fazer algo me divirto! :)

Lusinha disse...

A nossa música!
Bjitos!

Vanessa disse...

Parabéns atrasado! Te desejo muitas felicidades, viu?
E preciso confessar que não lembro de já ter ouvido essa música heheh Mas vou ouvir já!

Mel disse...

Parabéns, Lú!!!!
Esta música do Tom Jobim é uma das minhas preferidas. Do lado dela só a "Amor de Índio" na voz do Milton.
E tem uma versão de "Luiza" na voz do vocalista do Cidade Negra, ao vivo, já ouviu? Baixe já!!! Na parte "que eu sei que embaixo desta neve mora um coração", ele pára e manda todo mundo colocar a mão no coração por favor. E tem o som das batidas. É lindo. LIIIINDO.
beijos e parabéns!!!!!