12.1.10

Malditas amigdalas

Depois de seis dias doente (febre, aimigdalite viral, tosse que piora a cada dia) e duas passadas na emergência do hospital, voltei lá hoje. Na primeira vez, fui atendida por uma médica que sequer me informou que eu tinha amigdalite, me passou uns remédios pra acabar com a febre e os sintomas da gripe e pronto. Na segunda vez (ou no dia seguinte) o médico, me passou mais remédios (finalmente algum pra garganta), soro e me diagnosticou com a tal amigdalite. Passou a febre, só ficou a dor na garganta, a rouquidão e a querida tosse. Tosse que não me deixa nem comer e nem dormir direito. E, sabe, minha garganta não pode estar normal. Porque eu tô com um tal de refluxo que me faz passar mal depois de tomar muito refrigerante ou comer fritura demais . Agora eu falto cuspir meu esôfago depois de colocar qualquer coisa na boca, até tomando vitamina C efervescente.

E fui à emergência de novo hoje. Fui atendida pela médica número um, aquela que nem me disse nada sobre amigdalite. Tentei falar tudo, sabe. Que eu não conseguia mais fazer nada da vida, que não me sentia disposta pra sair. Do refluxo, das tentativas de comer, da tosse me matando... Mas a médica simplesmente não parava de falar, parecia mais interessada no fato deu ir para a Jamaica em breve visitar a minha mãe e já saía receitando remédios freneticamente. Sem contar que ela quebrou aquele palitinho de ver a garganta dentro da minha boca. Ela passou umas agulhadas, um soro e eu não concordei com nada naquilo. Ainda tá longe o dia que eu vou confiar num catálogo de remédio ambulante. Só me pergunto onde a louca conseguiu a licença pra exercer a medicina.

Talvez tenha sido tudo exagero do meu eu doente que não come direito há dias e que não se sente descansado apesar de só dormir nessa vida. Só sei que eu fugi pro estacionamento do hospital e me recusei a tomar os remédios da louca. E chorei. Porque, meudeus, estou realmente cansada disso tudo. Eu não faço mais nada da vida além de dormir, acordar cansada, tossir, quase cuspir meu esôfago e tentar engolir uma garfada de alguma coisa entre uma tosse e outra. Isso já tirou meu ânimo, minha disposição de férias, já me privou de comemorar o aniversário de uma grande amiga e de por o pé fora de casa várias vezes.

Estourei porque além disso tudo, tava cansada de ouvir meu padrasto dizendo que eu não descansava nada porque eu sou indisciplinada. E não aguentei o jeito que a médica me tratou. Sabe, eu não era nenhuma cumadre dela. Eu era uma paciente indo pela terceira vez à emergência em menos de uma semana. Que a medicina daqui de São Luís não é nenhuma beleza eu sei muito bem. Mas agora eu definitivamente odeio clínicos-gerais. E não confio neles meesmo.

14 comentários:

Tary disse...

Oie, Luh. Nossa, espero que você melhore e possa curtir suas férias em paz. Eu também não confio em clínicos-gerais. No ano passado, tive uma coisa muito estranha nos olhos e a bendita da mulher me disse que eu estava nervosa demais e imaginando coisas! Ai, que raiva que senti, viu? De certo, imaginei o diagnóstico de enxaqueca que o neurologista me deu pra explicar o que ela não sabia? É rir pra não chorar.
Alguns médicos, Luh, se sentem superiores, acham que são deuses e que nós, meros mortais, devemos ser tratados com frieza e pouco caso. Nessas horas me arrependo de não ter feito medicina pra mudar isso só um pouquinho...
Melhoras, melhoras, melhoras, viu?
Que você possa ter um tratamento digno e ficar completamente recuperada.
Beijão e forças pra ti :***

Gio vanna disse...

Quem é que confia em clínicos gerais? Eles já me disseram que minha madrasta estava sofrendo um aborto, e hoje minha irmã tem 2 anos, eles com certeza fizeram a faculdade por telepatia. Espero que você melhore, de verdade.
Beijos

Gabi Petrucci disse...

Amigdalite é HORRÍVEL, nas férias então...
É complicado isso de clínico geral, eles não são assim TÃO eficientes. :T

Kah disse...

Nossa, Luh, espero que você melhore disso e consiga comer, dormir, sair e tudo o mais em paz. Tosse é uma coisa muito chata, e lembro que a última vez que eu tive e ficava tossindo a noite toda em vez de dormir. E chorando, porque essas coisas deixam a gente cansada de tudo mesmo.
E essa médica deve ter feito sópia do diploma de uma amiga! Também não confio em clínicos-gerais. Um já me disse que eu tinha só gripe e eu estava com pneumonia, é.
Beijos e melhoras, Luh.

polymerization disse...

Eu nunca dei sorte com médicos clínicos gerais. E tenho amigdalite com espantosa frequencia e problema no esôfago também. Se eu tomar café ou coca-cola meu esôfago irrita.

erika dominici disse...

Sobre o post de 'into the wild', esse filme é muito bom (pra dizer pouco, e a trilha sonora é de eddie vedder, ele compôs especialmente pro filme, baixa mesmo!, e depois me manda o link, que eu também nunca baixei tudo. :}
E sabe que eu pensei a mesma coisa, depois que o impacto que o filme deixa passa, eu pensei nesse lance das mulheres não terem tanta liberdade quanto os homens, por uma questão biológica mesmo. Malzão, né? "Eu nunca vou poder dar uma de chris mccandless!", foi o que pensei.
Melhoras com a garganta!

Nathy disse...

Deus me livre, ninguém merece!!! Tem muita gente que não gosta de clinico-gerais. Ainda não tive nenhuma experiência terrível como está e prefiro não ter. Bom, mas, melhoras pra vc!!!

Amanda disse...

Pois é. Clínicos Gerais são UÓ. Vai num Otorrino e num Gastrologista que resolve. Pode ser que isso seu seja gastrite, sem querer dar uma de médica mas já dando. Minha amiga tinha isso aí e era. Pode ser até que seja de origem nervosa e talz, já que você está estressada por estar doente. Enfim.

Melhoras, queride. Ninguém merece ficar doente nas férias. :(

Beijo ;*

Tatah disse...

Também não confio em clínicos gerais. Aff!!
Melhoras pra vc, viu!

Ana Lu disse...

Ah eu tbm n sou nada fã de clínicos gerais.
E Lu, mtas melhoras pra vc viu?
Beijoss

Lusinha disse...

Ai Lu, fico feliz é de saber que você está melhor agora...
Bjitos!

Anônimo disse...

Refluxo é um inferno. Uma amiga me disse que a tosse dela melhorou depois de ela mastigar cravo... não sei. Tem que tomar muito cuidado com médicos, mesmo. Alguns são ótimos. Outros, eu não sei pra quê existem...
Se cuida!
beijos
MEL (do sol)

Anna disse...

Ai, Luh, que merda isso. Dor de garganta é uma das piores dessa vida, depois da cólica e da dor de ouvido. Imagino o que você deve estar passando, porque em novembro tive uma infecção fortíssima que me deixou cinco dias de cama, com febre alta, sem voz, e sem conseguir comer e dormir. E é horrível, horrível, horrível, fico imaginando com o refluxo e a tosse adicionados a isso. Choro super justo, ainda mais nas férias? Eu pelo menos fiquei quatro dias de molho em casa vendo Cartoon Network. Torço para que melhore logo, e tome bastante chá, não dói pra descer, ajuda a melhorar e ainda é quentinho, anestesia a gargante. Eu passei uma semana à base de chá mate nos dias que estive doente.
Beijos e melhoras.

Mariana Lima disse...

Ih, saúde.